CV

PT
Flávio Rodrigues (1984) Porto

Criações
(2016) AIM - Eira | Lugar à dança (Lisboa). Festival Cumplicidades (Lisboa). Centro cultural Candoso CCC / CCVF (Guimarães). Sala Café Concerto do Teatro Campo Alegre (Porto). Rua das Gaivotas 6 (Lisboa). Espaço do Tempo (Montemor-o-novo).
(2015) G.O.D. - EIRA| Lugar para a Dança (Lisboa, PT). Galeria ZDB (Lisboa, PT). Projecto criado em co-produção com Teatro Municipal Rivoli (Porto, PT);
(2014) VERSE$ - Plataforma de Criadores Portugueses DevirCapa (Faro, PT). Mostra Desnorte, Mosteiro São Bento da Vitória | TNSJ (Porto, PT). Festival ContraDança (Covilhã, PT);
(2013) RARA: um discurso ingénuo e utópico - Balleteatro Auditório (Porto, PT). Edifício AXA 1ºAvenida (Porto, PT). Estaleiro Cultural Velha-a-branca, inserido na inauguração da exposição "Um outro mundo é possível - Visões utópicas e distópicas do mundo"(Braga, PT). DeVIR - CAPa (Faro, PT). Edifício AXA 1ºAvenida: Optimos D`Bandada (Porto, PT). Ó!Galeria, Miguel Bombarda/Porto, PT). Festival ContraDança:Festival de movimento contemporâneo (Covilhã, PT);
(2012) Starveling-the rite of spring Mosteiro de são bento da Vitória/Teatro nacional São João (Porto, PT);
(2011) Still Golden – Inserido no programa:Obras para corpos revistos e actualizados, Manobras (Porto, PT); 
(2011) Inverno de 2011 – Teatro Helena Sã e Costa, Festival da Fábrica (Porto, PT). Estúdios Companhia Olga Roriz (Lisboa, PT). Lugar Instável (Porto, PT). Demolarea-Havuzul abandonat dîn fața Teatrului Dramatic Rus de Stat A. P. Cehov (Chișinău, Moldávia); 
(2010) Tarde demais Mariana 2006/2010 – Balleteatro auditório, Dança.pt 2010 (Porto, PT);  
(2010) Até ao fim/Until the end – Contagiarte (Porto, PT). Braço de Prata/Festival Epipiderme (Lisboa, PT). Casa da esquina/AMIW (Coimbra, PT). Performas (Aveiro, PT). Festival Imaginarius 2010 (Santa Maria da Feira, PT). Festival SET (Porto, PT). Festival Per-Formate (Terragona, ES). Festival de Dança de Almada/plataforma coreográfica internacional (Lisboa, PT);  
(2009) Charolotte O`Day – Teatro Helena Sã e Costa inserido no Festival da Fábrica (Porto, PT). Festival LUPA/Sala Branca (Porto, PT). Festival FeministizARTE/UMAR (Braga, PT). Festival Feminista Porto 2015, Galeria Gerardes(Porto, PT);  
(2008) CATÁLOGO – Balleteatro (Porto, PT), Festa da dança 08 Bomba Suicida (Lisboa, PT). Contagiarte (Porto, PT). Festival SET (Porto, PT). Guimarães Noc Noc, Guimarães/Capital Europeia da cultura 2012 (Guimarães, PT). Loose Holes 2013 (Porto, PT);
(2007) Brian Slade – Casa do Livro (Porto, PT). Balleteatro auditório Dança.pt (Porto, PT). Festival da Fábrica (Porto, PT). Festival AAA/Adição+ (Vila Real, PT). Boxproject/CCVilaFlor (Guimarães, PT). Festival Se Esta Rua Fosse Minha... no Plano b (Porto, PT). Teatro da Malaposta, Festival solos de Malaposta (Lisboa, PT). DESOBEDOC 2016 | Cinema Batalha, Porto; 
(2006) Tarde demais Mariana – Balleteatro auditório (Porto, PT). Galeria Servartes (Porto, PT);

Colaborações & Outras participações
(2016) Everlasting Projecto colaboração com Joana Castro: Teatro Municipal Campo Alegre | Festival DDD (Porto);
(2015) Um Rouxinol na Ordem Zero (Remix) com Vitor Rua e Isabel Barros: Inserido na programação Corpo+Cidade (Teatro Municipal Rivoli, Porto);
(2015) Entrudo com Jorge Porto | Batucada Radical (criado para o encerramento da programação da Locomotiva | Porto Lazer (Porto);
(2015) LONELY - Projecto criação com Bruno Senune (Inserido na exposição SUB40 (Biblioteca Almeida Garrett). Lake studios-Berlin Performance art Festival (Berlim). Jardins de Serralves - Serralves em Festa 2016 (Porto). 4bid Gallery-Highs & Lows (Amesterdão);
(2014) Bevy VERSE$ Projecto criado em Formação Contexto de Trabalho com Baleteatro (Teatro Municipal Campo Alegre, Porto); 
(2014) PORCELANA com Bruno Senune e Joana castro: Inserido na exposição “Como se o mundo tivesse de ser todo, novamente, reaprendido” MIRA _ 40 anos do 25 de ABRIL;
(2014) Um coreodrama na sonosfera com Vitor Rua e Isabel Barros (Inserido na programação Corpo+Cidade, Cinema Passos Manuel, Porto);
(2013) NIL-CITY para Ballet Contemporâneo do Norte - Residência + apresentação informal (espaço do tempo / Montemor-o-novo), Balleteatro Auditório (Porto), Festival GUIDANCE (Plataforma das artes, Guimarães), Teatro Municipal de Abrantes (Abrantes);
(2013) Cuidados intensivos com curadoria de Joclécio Azevedo (Vila do conde / Festival Circular);
(2012) Última Primavera - Manobras no Porto 2012;
(2011) 14 de Novembro de 2010 - AMIW@VBKO/Or rather, What can words Do? (Vienna), CicloNómada - La Tabacalera de Lavapiés, (Espanha/Madrid);
(2011) Amo-te com Joana Castro – Festival Imaginarius (Santa Maria da feira), Festival FAC (Moura/Alentejo), Les réperages/Dase à Lille (Roubaix), Balleteatro auditório (Porto);
(2009) As coisas que não destruímos com APPC (Associação do Porto de Paralisia Cerebral) – Festival Extremus (Lipor, Porto);  
(2009) Primavera – Fundação Serralves/Serralves em Festa09 (Porto); 
(2009) Não queremos ser felizes com Carla Valquaresma – Balleteatro auditório (Dança.pt, Porto);
(2008) Uma coreografia de Flávio Rodrigues 08 – Dançarte/Semana da dança 08 (Palmela), Balleteatro (3ºexperimental/Dança.pt, Porto), Festival Imaginarius (Santa Maria da Feira)

Performer e Co-criação
(2015) Na rua de Miguel Moreira (Útero);
(2015) Sol Subterrâneo de Né Barros;
(2015) Lastro de Né Barros;
(2015) Marbel de Camila Neves;
(2015) Cadáver Esquisito (Teatro Municipal Rivoli, Porto);
(2015) Partículas douradas num mundo quase sempre vestido de preto de Joana Castro;
(2014) €urodance com Rogério Nuno Costa
(2014) 3 com Tânia Carvalho;
(2014) Untraceable Patterns com Né Barros;
(2014) End of Transmission com Mariana Tengner Barros;
(2013) Landing com Né Barros;
(2013) Outras desordens com Joclécio Azevedo;
(2012) Stranger Making com Né Barros;
(2012) Procissão K2 com Isabel Barros;
(2012) Conspurcados com Joclécio Azevedo;
(2012) Estrangeiros com Né Barros;
(2011) It com Teresa Prima;
(2011) Ponto amarelo em fundo negro (com observador) com Andreas Dyrdal;
(2011) O Baile dos candeeiros com Companhia Radar 360º;
(2011) A noticia da minha morte foi um exagero com Susana Otero;
(2010) Limbo com Companhia Radar 360º;
(2010) Ché Diavolo Fate com Luís Carolino;
(2010) 7 personagens em Hora de ponta com Elisa Worm;
(2009) Human Box com Joana Antunes;
(2009) Open Scores com Joclécio Azevedo;
(2009) You who will emerge from the floor com Juliana Snapper (TRAMA);
(2008) Manual de instruções provisório com Victor Hugo Pontes;
(2008) Backwords and Forwords com Indio Queiroz;
(2007) Ícones com Victor Hugo Pontes;
(2006) Transport moi com Joana Castro;
(2006) 1 bicho de 7 Cabeças com Patrícia Costa;

Músico
(2016) Vaga #2 de Né barros
(2016) KID AS KING de Bruno Senune
(2016) FM [Featuring Mortuum]de Cristina Planas Leitão;
(2014) Perto Tanto Quanto Possível de Joana Castro;
(2014) Showroom de André Mendes
(2013) Velvet Cloak com Joana Castro
(2013) Under destruction de Joana castro;
(2012) A construção de Pedro Rosa (BCN);