2007 - Brian Slade


PT
"Brian Slade" surge como consequência da minha primeira performance intitulada de "Tarde demais Mariana".
Se em "Tarde demais Mariana" suscito memórias da minha infância, em "Brian Slade" realizo um desejo (fetiche) de adolescente.
Brian Slade é o nome da personagem do filme Velvet Goldmine realizado em 1998 por Todd Haynes.
Notifico este filme como um dos mais marcante da minha adolescência, cuja personagem viveu e se prolongou no meu imaginário. Refiro-me a Brian Slade como Ícone, figura inspiradora para a construção de uma linguagem e / ou imagem perante o olhar social.
Esta performance resume-se em deslocar no tempo e no espaço um momento - que poderia ser - cinematográfico com a duração aproximada de 15 minutos, mas é também neste curto espaço de tempo, que eu como autor e intérprete, experiencio perante a presença de um público, uma situação reveladora e fetiche.
Ao reflectir sobre esta exposição pública ao qual me sujeito, surge a intenção de realizar esta performance em espaços alternativos ao palco e o espaço público: viso ocupar e alterar diferentes paisagens arquitectónicas, e como consequência uma maior proximidade do público.


EN
"Brian Slade" emerge as a consequence of my first performance entitled "Tarde demais Mariana".
If in "Tarde demais Mariana" I raise memories of my childhood, in "Brian Slade" I perform a teenaged desire (fetish).
Brian Slade is the name of a character from the film Velvet Goldmine directed in 1998 by Todd Haynes.
I notify this film as one of the most striking of my adolescence, whose character lived and extended in my imaginary. I refer to Brian Slade as an icon, inspiring figure for the construction of a language and/or image in front of the social look.
This performance summarizes in time and space a moment-that could be cinematic with the approximate duration of 15 minutes, but it is also in this short space of time, which I as author and interpreter, experience before the presence of a public, a situation revealing and fetishistic.
Reflecting on this public exhibition to which I subject, the intention arises to perform this performance in alternative spaces to the stage and in exterior spaces: I intend to occupy and "change" different architectural landscapes, and as a consequence a more proximity with the audience.


A project by and with Flávio Rodrigues
Costume by Patricia Costa
Support Balleteatro, NEC, Motion factory


Box Project - Guimarães (Centro Histórico | Historic center ) ©Victor Hugo Pontes


Festival Se Esta Rua Fosse Minha, Porto ©Andreas Dyrdal