Mensagens

2020 - Encómio | aos ossos, à bravura e ao sono dos cetáceos

“O ócio não pode existir onde não se sabe o que ele é” Sabastian de Grazia

Os últimos projetos que tenho desenvolvido são na sua maioria aliados a uma pesquisa em torno de e com objetos. Artisticamente, fascina-me as possibilidades que diferentes matérias e materiais abarcam na sua relação com o espaço e com o corpo. Talvez por isso a instalação cénica, a criação/manipulação de objetos, as esculturas e o desenho têm sido recorrências nas minhas criações autorais. Inclusive nas composições sonoras, tendo a utilizar captações do som de objectos em contacto entre si ou com outras matérias como forma de chegar a possíveis “melodias” ou a paisagens sonoras. Também denoto que no meu projecto anterior, “rúptil | na era dos castigos incorpóreos”, embora ele seja conceptualmente sobre a prática da caminhada como deslocação, a apresentação pública resume-se a substituir a memória da presença do corpo por esculturas, que ao ocuparem o lugar da acção se fazem perdurar no tempo. Olho para o meu co…

2020 - Hodiernidade | e na anfibologia do Agora

2019 - rúptil | na era dos castigos incorpóreos

2019 - Desenhos

2018 - Magma | No limite da selvajaria

2017 - Efígie

2016 - AIM